quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Filhos, um Empréstimo Divino






Filho é um ser que nos foi emprestado para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem. Isso mesmo! Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é expor-se a todo o tipo de dor, principalmente o da incerteza de agir corretamente e do medo de perder algo tão amado. Perder? Como? Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo.”
(José Saramago)

Gesto Fraternal








Mãe... 
Que a beleza das flores, a doçura do mel, o brilho das estrelas, envolvam você hoje e que você continue irradiando este amor e esta alegria que você sempre nos ofereceu!
( Autor desconhecido) 
Estou privando meus blogs só para amigos... Iniciei a lista e vou acrescentar outros.Agradeço o carinho dos amigos de verdade que me querem somente o bem...Deus seja louvado pela vida de vocês!


sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Gratidão Imensa ATUALIZADO


"Um coração grato deve ser uma realidade na vida de qualquer pessoa que se considera cristão.
Porque quem sabe que é salvo através do sacrifício de Jesus, sabe que não fez nada para ganhar essa recompensa, mas que recebeu através da graça de Deus. E saber isso deve fazer brotar gratidão em nós a cada manhã que se inicia.
Não merecíamos nada, mas através de Jesus temos tudo! 
Todos os dias são dias em que devemos dizer "Obrigado Deus, obrigado Jesus!"



Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus. 
(1 Tessalonicenses 5,18)

Meus amigos e leitores, quero agradecer-lhe por TUDO mas, sobretudo, pelo carinho a mim dedicado nestes anos. Carinho naão custa dinheiro mas encontra  dificuldade para algumas pessoas pois não somos prioridade na vida delas.
Vou partir para um novo projeto de vida e preciso de tempo integral...
Tem blog que ainda ficará no ar uns dias pois tem postagem programada...
Sejam felizes e abençoados!

Bendiga o Senhor a minha alma!
Não esqueça nenhuma de suas bênçãos! 
(Salmos 103,2)

Peço a Deus por todos os que me incentivaram na doce arte da escrita... em meu coração ficará para sempre o nome de vocês que me deram o único que eu precisava nestes anos  (carinho) para superar a morte do meu pai amado, o homem que me amou de verdade há 8 anos...
Gratidão por TUDO...
Perdão por alguma coisa...

Deem graças ao Senhor, porque ele é bom.
O seu amor dura para sempre! 

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Rastros da Memória





Minha florzinha maior do meu coração... minha filha amada que já voou...




Baseando-me num conto que acabo de ler pela blogosfera...

http://toninhobira.blogspot.com.br/2017/10/no-toque-das-flores.html

Nesta tarde reportei-me à fase da minha filha pequena: eu e ela sozinhas... os filhos estudavam para padre (estavam no seminário no RJ) e éramos amigas na extrema solidão, ela colhia flores para me dar e dizia - Mãe. eu te amo... 


Não posso deixar de chorar quando me lembro disso... a vida passou e a menininha ainda diz: - Mãe, eu te amo... e ainda choro... a vida é um mistério!
Lastros de solidão e misto de ternura se entrelaçam se tornando uma cachoeira nos olhos...
Hoje, tenho flores em mim, ela me doou muitas florezinhas colhidas pelas suas mãozinhas em pequenina pelas ruas onde andávmos solitárias... Ele me floriu o coração pela vida afora...

"O AMBIENTE moral dos nossos tempos tem contribuído para a falta de compaixão no coração de muitos. As pessoas estão cada vez menos interessadas no bem-estar dos outros. Isso inclui, em alguns casos, até mesmo os membros da sua própria família.

"Isto afeta adversamente a muitos que, em razão de diversas circunstâncias, ficam carentes. O número de viúvas e de órfãos cresce constantemente por causa de guerras, catástrofes naturais e do deslocamento dos que procuram refúgio.
(Eclesiastes 3,19)

Emoção na tardezinha... coração contrito em Deus que TUDO vê!
Debulhando-me em lágrimas...


domingo, 17 de setembro de 2017

Família que Cresce








Eis aí duas mães felizes com sua filha!





































Como é bom eu ouvir: - Mãe, eu te amo!


Que ninguém atrapalhe um casal sonhador!

Sejam felizes e abençoados!



sábado, 16 de setembro de 2017

Chatear Uma Mãe?



1. Demorar para atender o celular
Você tem ideia de quantas tragédias podem passar na cabeça de uma mãe naqueles segundos em que você está pensando em atender ou não a ligação dela?
2. Reclamar que a comida está ruim
Ela pode ter tido um dia péssimo. E também não é sempre que tudo sai queimado ou salgado, não é mesmo?
3. Rir dela
Num momento de nervosismo, rir ou debochar da sua mãe para tentar amenizar as coisas, só piora, acredite.
4. Falar que a odeia
Jamais, nem pense nisso. Porque, possivelmente, isso nem seja verdade e é algo que magoa profundamente, não importa a idade do filho. Todas as mães já moveram montanhas pelos filhos em algum momento da vida. Seja grato(a) por ela.
5. Esquecer o aniversário ou Dia das Mães
Um cartão, uma flor ou uma caixinha de chocolate juntos com uma boa tarde de conversa não custa nada e enche o coração de uma mãe de satisfação.
6. Não dar atenção
Deixar de ir num cinema, passeio, mercado ou qualquer outro lugar com a sua mãe por um motivo banal. Mesmo que você seja adolescente ou adulto, chegará uma hora na vida que pensará “eu poderia ter sido um filho melhor e ter passado mais tempo com ela”.
7. Remoer o passado
Em qualquer relacionamento falar do passado traz de volta lembranças e discussões que levam a mais mágoas e tristezas. Melhor mesmo é pôr uma pedra em assuntos delicados e exercitar o perdão.
8. Ficar muito tempo sem visitá-la
A correria do dia a dia não deixa barato para ninguém. E os dias, semanas e até meses vão se passando e então eu pergunto: quando foi a última vez que você foi na casa da sua mãe?
9. Deixá-la sem comunicação com os netos
Fatalmente uma mãe vai se tornar uma avó. Mesmo que vocês morem longe um do outro, hoje em dia a tecnologia está aí para ajudar a diminuir esse problema. De qualquer forma, carta e fotos impressas não saíram totalmente de moda e podem ser um recurso para diminuir as fronteiras.
10. Culpá-la por suas escolhas
Claro que as mães influenciam muito em nossas decisões. Porém, quem as toma somos nós. Encontrar um culpado que não seja você mesmo não vai tornar as coisas melhores.
11. Gritar
Levantar a voz para qualquer pessoa é desrespeitoso. Se for com a mãe parece ser muito pior.
Customizado por Meri Pellens.