quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Recordando os gostos



O meu lar

Se eu tenho de morrer na flor dos anos,
Meu Deus! Não seja já!
Eu quero ouvir na laranjeira, à tarde,
A voz do sabiá!

(Casimiro de Abreu)




Um comentário:

Ser Mãe é padecer no Paraíso... presente incomparável de Deus...

Customizado por Meri Pellens.