segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Um pai amigo dos netos


Ao Brasil

Bela estrela de luz, diamante fúlgido
Da coroa de deus, pérola fina
Dos ares do Ocidente,
Oh! Como altiva, sobre nuvens de oiro,
A fronte elevas, afogando em chamas
O velho continente!

Oh! Terra de meu berço, oh! Pátria amada!
Ergue a fronte gentil, ungida em glórias
De uma grande nação!
Quando sobre o Brasil, os brasileiros
Lavam as manchas ou debaixo morrem
Do santo pavilhão!
(Fagundes Varela)

Um comentário:

Ser Mãe é padecer no Paraíso... presente incomparável de Deus...

Customizado por Meri Pellens.