quarta-feira, 24 de julho de 2013

Na praia


Aprendendo a escrever...


Mamãe
Você é a minha ursinha linda!

O anãozinho verde

Um anãozinho verde, que vivia
Na concha furta cor de um caracol,
Subiu pelas montanhas, certo dia,
Para ir buscar, lá em cima, o diamante do sol.

Montado num besouro
De asas de laca, arabescadas de ouro,
O visionário anão, filho dos gênios do ar,
Subiu aos cimos das montanhas
Mas viu que o sol descera das montanhas
E boiava no mar!

E o anãozinho verde, que vivia
Na concha furta cor de um caracol,
Desceu dos montes, ao findar do dia,
Para ir buscar, lá embaixo, o diamante do sol!

Ao chegar junto à praia, onde as sereias
Brincam com búzios de ouro nas areias
Ele viu, pobre cego de ilusão,
Que o sol descia pelas águas, dentro
Do encapelado oceano espumarento,
Rodopiando como um pião.

E o anãozinho verde, que vivia
Na conha furta cor de um caracol,
Descendo ao mar, morreu na água sombria,
Tão distante da luz, tão distante do sol!...
(Teodorico de Almeida)






Um comentário:

  1. Que graça!Adoro essa fase quando estão começando a aprender a escrever!bjs,

    ResponderExcluir

Ser Mãe é padecer no Paraíso... presente incomparável de Deus...

Customizado por Meri Pellens.