domingo, 7 de julho de 2013

5 anos da filha - Gata Borralheira






Vitória Régia

A superfície do Amazonas mora,
Na majestade que ninguém descreve,
Uma flor que para se abrir é cor de neve
E empós se tinge do rubor da aurora.

Rainha excelsa e colossal da Flora,
Da primavera eterna é um riso breve...
Sobre ela um giro, em púrpuras descreve
O bando dos guarás  por céus em fora!

Toda a grandeza tropical resume!
Até que o sol, bebendo-lhe o perfume,
Em nuvens de oiro e de rubim se opunha!

E, como um sonho lindo à flor das águas
Paira a vitória régia, à qual as mágoas
Segreda, mudamente, uma cegonha.
(Prisciliana Duarte de Almeida)





Um comentário:

Ser Mãe é padecer no Paraíso... presente incomparável de Deus...

Customizado por Meri Pellens.