sexta-feira, 7 de junho de 2013

Meu Amigão


O colecionador de bolinha de gude...
Símbolo

Bandeira de minha terra,
Pano sagrado e gentil,
Em cujas dobras se encerra
O coração do Brasil;

Emblema que nos recorda
As mais gratas tradições,
Vibrando na mesma corda
Milhares de corações;

Pano verde - alma esperança
Na senda do progredir;
Ouro e azul - mar de bonança,
De opulência no porvir.

Ouro e verde - escrínio d'alma
Altiva desta nação,
Quer oscilante na calma
Tranquila da viração;

Quer no choque árduo e tremendo
Das batalhas imortais,
Quer nas águas destemendo
A fúria dos temporais,

Que sem desfalecimentos
Tu, Bandeira verde e azul,
Desfraldada aos quatro ventos
Domines de norte a sul.
(Branet Horta)





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ser Mãe é padecer no Paraíso... presente incomparável de Deus...

Customizado por Meri Pellens.