domingo, 7 de abril de 2013

Pastor x ovelha


Mãe:
Eu sou uma ovelha sem pastor.
Filhos:
Eu sou o pastor da sua ovelha.

Saci Pererê

Era uma vez um menino
Que tinha o triste destino
De trabalhar par ao mal.
Quebrava louças por troça
Botava fogo  na roça
Escancarava o curral.

Como Pedro Malasrte,
Era visto em toda parte,
Mas pulando com um pé só,
Que uma queda na cisterna
Foi que lhe quebrou a perna.
Conforme disse a vovó.

Caiu também na fogueira
Que ele acendeu na capoeira
Numa noite de São João;
E mesmo branco que fosse,
Dessa maneira tornou-se
Pretinho como carvão.

Mas veio um dia o castigo
Desse infernal frenesi:
Para o sossego da gente,
Ele virou de repente
No passarinho saci.
(Joaquim de Queiroz)


Um comentário:

  1. Bom dia minha amiga!
    Perfeito pensamento. Coisas simples mas repletas de carinho valem mais do que tudo no mundo. Então deixo meu carinho num caloroso abraço e desejos de um ótimo domingo. Que o seu dia seja pleno de felicidades.
    Beijinhos com ternura
    Gracita

    ResponderExcluir

Ser Mãe é padecer no Paraíso... presente incomparável de Deus...

Customizado por Meri Pellens.