sábado, 16 de fevereiro de 2013

Flor



Mãe:

Eu sou a flor sem perfume...

Filho:
Eu sou o perfume da sua flor...

Ave Maria

Envolto em sombras,
Declina o dia.
Rezam os crentes:
Ave Maria!

Vem da distância,
Plangente e fria,
A voz de um sino:
Ave Maria!

Toda de névoa,
A serrania
Murmura, em prece:
Ave Maria!

A água da fonte,
Que há pouco ria,
Segreda agora:
Ave Maria!

Cantam os sinos,
Em litania,
No céu profundo:
Ave Maria!

Em vossos lares,
Ao fim do dia
Rezai, crianças:
Ave Maria!
(Correa Júnior)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ser Mãe é padecer no Paraíso... presente incomparável de Deus...

Customizado por Meri Pellens.