quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Feliz níver, filho!














Ao filho muito amigo...

O beija flor

Oh! Que recanto mimoso!
Quantas rosas e verbenas?
Vou poisar neste galhinho,
Pra sacudir minhas penas.

Não é que estou bem molhado?
Que forte chuva apanhei!
No meio de tantas flores,
Do colibri sou o rei!

Campainha, amor perfeito,
Lírios roxos, manacá,
Sempre vivas, agapantos
E flor de maracujá.

Tenho aqui muito alimento,
Mel saboroso a fartar!
Vou buscar meus companheiros...
E, ei-lo contente, a voar!
(Dulce Carneiro)


Um comentário:

Ser Mãe é padecer no Paraíso... presente incomparável de Deus...

Customizado por Meri Pellens.