domingo, 2 de dezembro de 2012

Mãe


Mãe,

Feliz aniversário! 
Amamos a senhora pelo que é e por tudo que fez com amor e carinho.
Para sempre teu,

Gabriel

P.S. Neste dia, meu padrinho chorou quando leu este telegrama...





O homenzinho

Não pensem que venho
Mentir a vocês:
Seis anos eu tenho,
E fiz este mês.

Seis anos de idade!
Sou, quase, um rapaz...
Vou só, à cidade!
Que mal isso faz?

Sou muito obediente:
Procuro o passeio,
E calmo e prudente,
Não tenho receio.

Nas ruas, não ando
Com os olhos para o alto;
Vou tudo observando,
Não corro, nem salto.

Dou sempre a direita
Aos outros que vêm;
Não causo suspeita,
Nem mal, a ninguém.

Perdoem-me a vaidade;
-Dizê-lo é preciso-
Já sou, nesta idade,
Um homem de juízo!
(Correa Júnior)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ser Mãe é padecer no Paraíso... presente incomparável de Deus...

Customizado por Meri Pellens.