sábado, 8 de setembro de 2012

Mãe: Mulher



Meus Tesouros:

Ao abraçá-los, meus filhos, agradeço a Deus a ventura de tê-los comigo.
Toda criança representa a alegria do lar.
Vocês são a razão da  minha felicidade.
Folheando os álbuns de família, sinto que não vivi em vão.
Sou a mãe de vocês e isso me deixa orgulhosa.

ALGUNS FILHOS SÃO UMA JUSTIFICA, OUTROS, ARREPENDIMENTOS... VOCÊS SÃO A MINHA JUSTIFICATIVA!!!



Os pombos de Jesus

Um pombo tinto de sangue
Vem pousar no meu jardim;
E eu pergunto ao pombo exangue:
- Por que tu sangras assim?

- Vi pisando um chão de brasas
Um homem sob uma cruz;
Cobri-o com minhas asas:
Este sangue é de Jesus.

Uma andorinha na trave
Vem pousar do meu beiral;
E eu lhe pergunto: - Por que, ave,
Trazes no bico um coração?

- Não é coral. O rosado
Que no meu bico reluz
É um triste espinho arrancado
À coroa de Jesus...

E os homens, almas daninhas,
Vivem matando - que horror!
Os pombos e as andorinhas
De Jesus, Nosso Senhor!
(Belmiro Braga)




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ser Mãe é padecer no Paraíso... presente incomparável de Deus...

Customizado por Meri Pellens.